Informativo Semanal

Cadastre o seu e-mail para receber uma mensagem semanal.

Menu


Redes Sociais


Vagas de Emprego

Beto Moraes

Videos

Acompanhe o canal do youtube


/depmauromoraes

Segurança



Últimos Projetos

{PROJETOS}

Twitter

26/04/2016

Moraes está preocupado com demora na abertura de cursos para Cabos e Sargentos

Leia mais

A demora na abertura efetiva do edital para concursos de Cabos e Sargentos da Polícia Militar do Paraná tem preocupado o presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, deputado Mauro Moraes, que alerta para os prejuízos no processo de promoções de Praças para toda a corporação. Segundo o deputado, “as promoções estão se acumulando e as turmas estão ficando cada vez menores”, alerta.
O Comando da PM recebeu a autorização do governo do Estado e já prepara o cronograma de abertura dos concursos. “Tudo está organizado dentro da PM e já está autorizado pelo governador Beto Richa. Entretanto, tem sido difícil esclarecer aos policiais as razões para maiores atrasos”, comenta o deputado.
O parlamentar destaca o árduo trabalho da Comissão de Segurança para conseguir a autorização para a abertura do concurso e, sobretudo, a resistência da Secretaria de Estado da Fazenda. “Foram meses de diálogo e negociação. Conseguimos apenas 300 vagas para Cabo e 300 para Sargento. O número é insuficiente, se comparado ao volume de Praças que estão preparados para avançar na carreira, mas é a realidade do momento. O ideal seria a oferta de do mínimo 500 vagas para cada”, explica o deputado.
26/04/2016

Para Moraes, investimento nas Forças de Segurança é insuficiente

Leia mais

Presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa e coordenador do Movimento Paraná Sem Violência, o deputado Mauro Moraes vê com preocupação a perspectiva de investimento nas forças policiais para os próximos meses, com base na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) em discussão na Casa. Segundo o parlamentar, para atender as demandas da área será preciso maior volume de recursos.
Moraes tem cobrado maior atenção do Governo com as classes policiais, com destaque para a quitação de dívidas acumuladas nos últimos anos com promoções, quinquênios e progressões. “Temos uma policia bem preparada e que é referência para outros estados. Entretanto, sem recursos para aplicar em estrutura e regularização de salários, corremos o risco de não evoluir nas políticas de combate ao crime”, alerta o deputado.
Além da liquidação das dívidas com a Folha Pessoal, o parlamentar cobra maior empenho do Governo na aquisição de armamento e reposição de viaturas “baixadas”.
13/04/2016

Meses após formatura, Aspirantes ainda recebem como Cadetes

Leia mais

O presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, deputado Mauro Moraes, voltou a discutir com o governo do Estado a regularização salarial dos Aspirantes a Oficial da Polícia Militar que, embora formados em dezembro de 2015, ainda recebem como Cadetes.

Logo após a formatura, a maioria dos 86 Aspirantes atua em cidades no interior do Estado, fato este que vem gerando despesas com aluguel e outros custos decorrentes da mudança. “A maior parte desta turma levou para o interior sua família, contando já com o salário de Aspirante”, comenta Moraes.

O protocolo que prevê a regularização salarial conforme as novas atribuições aguarda um parecer da Secretaria da Fazenda. Moraes cobrou novamente do governo a celeridade na tramitação do documento.
13/04/2016

Moraes solicita abertura de Posto da Polícia Ambiental em Toledo

Leia mais

Em conversa com o Comandante Geral da Polícia Militar do Paraná, Coronel Maurício Tortato, o deputado Mauro Moraes, que preside a Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, solicitou a abertura do posto da Polícia Ambiental no município de Toledo. De acordo com o parlamentar, já existe a estrutura física, bastando apenas a designação de policiais.

“Existe uma grande demanda por este serviço policial na região de Toledo. Também há uma sede pronta, restando apenas a designação de quatro ou cinco policiais”, justifica Moraes seu pedido ao Comando da PM.
12/04/2016

Moraes defende compra imediata de coletes balísticos

Leia mais

Em conversa hoje pela manhã com a alta cúpula da PM e com o delegado responsável pelo inquérito que apura irregularidades no “recall” de coletes balísticos utilizados pelas forças policiais, o presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, deputado Mauro Moraes, defendeu a substituição imediata dos equipamentos que estão fora do padrão de qualidade, nem que para isso seja preciso abrir mão do processo licitatório.

O parlamentar conversou pessoalmente com o Comandante Geral da PM, Coronel Maurício Tortato, o Subcomandante Arildo Luis Dias e com delegado Vinícius Borges Martins, da Delegacia de Explosivos, Armas e Munições (Deam). Moraes destacou que o essencial neste momento de discussão sobre a qualidade dos equipamentos utilizados pelas forças policiais é garantir que elas sejam entregues aos efetivos.
“A PM e a Civil não podem ficar esperando o término de uma discussão sobre a responsabilidade da recauchutagem dos coletes para receber equipamento novo e de qualidade”, enfatizou.

Moraes ficou satisfeito com as duas conversas e afirmou que fará uma avaliação sobre tudo que foi discutido para então decidir se haverá ou não uma audiência pública para debater o tema. “O mais importante é garantir que nossos policiais trabalhem em segurança. Se há risco de morte mesmo utilizando coletes dentro do padrão exigido, imagine então com equipamentos inadequados”, ponderou.
11/04/2016

Moraes elogia índices de redução de crimes em Umuarama

Leia mais

O presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, deputado Mauro Moraes, elogiou, em sua passagem pela cidade de Umuarama, na última semana, o trabalho realizados pelas forças policiais na região. Graças ao esforço das policias Civil e Militar, as estatísticas da violência caíram em pelo menos duas modalidades de crime.

Em um ano, foram registradas quedas de 38% de crimes contra a vida e 20% contra o patrimônio. O desempenho das forças policiais em garantir a queda das estatísticas relacionadas a violência foi destacada por Moraes em audiência pública realizada no município, no dia 7, e também em suas visitas ao 25º Batalhão de Polícia Militar e 7ª Subdivisão de Polícia Civil de Umuarama, que uniram forças por melhores resultados.
11/04/2016

‘Audiência em Umuarama foi um sucesso’, avalia Moraes

Leia mais

Com lotação máxima e participação popular, a audiência promovida pela Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa na Câmara Municipal de Umuarama, na última quinta-feira (7), foi um sucesso. “Tivemos a oportunidade de reunir em um mesmo local autoridades do município, do Estado, população e forças policiais para debater melhorias nesta área sensível e que tanto preocupa a sociedade. Todos estavam envolvidos em propostas para melhorar ainda mais a segurança na região”, avalia o deputado Mauro Moraes.

Presidente da Comissão de Segurança Pública responsável pela audiência e fundador do Movimento Paraná Sem Violência, Moraes é um grande entusiasta das reuniões abertas para debater temas que envolvem toda a comunidade. “A segurança pública não é uma pauta exclusiva das forças policiais ou da secretaria de Segurança. Ela diz respeito a todo cidadão. Por isso é importante descentralizar as discussões e ouvir as vozes populares para tomar medidas de combate ao crime”, defende o deputado.

Durante a audiência em Umuarama, a Comissão teve a oportunidade de colher sugestões para melhorar a segurança na região. Todas as propostas e também as reivindicações serão encaminhadas ao governo do Estado através de uma carta-manifesto. “Vamos oficializar as sugestões e também as reivindicações para reduzir as estatísticas da violência no local”, explica o deputado.
11/04/2016

Comissão de Segurança quer ouvir autoridades sobre coletes vencidos

Leia mais

O presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa do Paraná, deputado Mauro Moraes, afirmou, nesta segunda-feira, que não descarta a possibilidade de convocação de uma audiência pública para debater com representantes das forças de segurança e do governo do Estado a situação dos coletes balísticos utilizados pelas policias Civil e Militar.

O parlamentar afirmou que, ainda durante esta semana, conversará pessoalmente com o delegado Vinícius Borges Martins, da Delegacia de Explosivos, Armas e Munições (Deam), com o secretário de Estado da Segurança Pública, Wagner Mesquita, e com o Comandante Geral da Polícia Militar do Paraná, Coronel Maurício Tortato. O objetivo é esclarecer todas as informações veiculadas pela imprensa e que foram pautadas em investigações conduzidas por Martins, que apontaram para a recauchutagem de coletes balísticos. “A Comissão de Segurança pretende esclarecer os fatos para proteger a vida das forças de segurança. É evidente que o trabalho diário de um policial é arriscado e que o colete tem papel importante para sua segurança. Qualquer problema na qualidade deste equipamento é preciso ser verificado e esclarecido”, defende Moraes.

A abertura de licitação para a compra de coletes e armas já havia sido solicitada pelo deputado através de oficio ao Executivo. E-mails e mensagens encaminhadas por policiais ao parlamentar narram a preocupação das tropas com a situação dos coletes, muitos com validade próxima ao vencimento. “A proximidade do prazo de validade já havia gerado grande preocupação, mas nada se compara ao recall desastroso dos coletes”, lamenta.
08/04/2016

Moraes acompanha trabalho da Polícia Civil e palestra aos alunos da PM em Umuarama

Leia mais

O presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, deputado Mauro Moraes, palestrou, nesta quinta-feira, aos alunos do Curso de Formação de Soldado da PM em Umuarama. O parlamentar falou a respeito da importância do trabalho realizados por Praças nas políticas de combate ao crime e, sobretudo, dos desafios da carreira.

Parte importante da conversa foi a disposição do de Moraes em batalhar por melhorias para as classes policiais, com destaque para o pagamento de direitos atrasados de policiais, como promoções e remoções. “Muitos soldados permaneceram durante meses recebendo como aluno. Isso não deve acontecer mais”, asseverou.

O parlamentar também visitou a 7ª Subdivisão de Policia Civil de Umuarama. Na ocasião, reforçou o empenho da Comissão de Segurança na implantação de uma Delegacia Cidadã no município.
07/04/2016

Redução da criminalidade é tema de audiência em Umuarama

Leia mais

Ampliação dos efetivos da PM e Civil, intensificação das rondas policiais e maior celeridade nas investigações de crimes foram alguns dos pontos discutidos durante audiência pública promovida, nesta quinta-feira, pela Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa na cidade de Umuarama. Na ocasião, lideranças municipais e sociedade civil organizada tiveram a oportunidade de apresentar sugestões para a redução da criminalidade na região.
O debate reuniu na Câmara Municipal membros das forças de segurança pública, representantes dos Poderes Legislativo e Judiciário, Ministério Público e membros de entidades e associações que representam a comunidade local.

Semelhante ao que ocorreu em audiências promovidas pela comissão em outros municípios, as propostas debatidas durante o evento também giram em torno de políticas específicas de combate ao crime, com destaque para a intensificação das famosas rondas policiais e ampliação dos módulos fixos. “A presença da policia tem grande importância para evitar crimes mais frequentes, como assaltos ao comércio e residências”, comenta o presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, deputado Mauro Moraes.

Ao término da audiência, uma carta manifesto foi redigida coletivamente com pontos específicos a serem debatidos entre Moraes e o governo do Estado. “Na carta estarão listadas todas as medidas de segurança que iremos solicitar ao governo para reduzir as estatísticas de crime em toda a região de Umuarama”, destaca.

Mais notícias ...