Menu


Redes Sociais


Vagas de Emprego

Beto Moraes

Videos

Acompanhe os videos do Programa Mauro Moraes Tô de Olho do canal CNT no canal do youtube


/depmauromoraes

Segurança



Últimos Projetos

Twitter

21/04/2015

Moraes parabeniza PM e Civil pela data especial

Leia mais

No dia 21 de abril comemora-se o Dia da Polícia Civil e Militar do Brasil. Neste dia também é comemorado o Dia de Tiradentes. Não por coincidência, o mártir da independência brasileira é também o patrono das policias civis e militares.

“ Nossas forças policiais representam mais do que um ponto de segurança ou ajuda em momentos difíceis, representam a hombridade do povo paranaense, sempre disposto a colaborar com o semelhante”, destaca o presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, deputado Mauro Moraes.

“Quero parabenizar nossos policiais militares e civis, que arriscam suas vidas em nome de uma nobre tarefa. Que possamos lembrar diariamente do esforço empregado por cada policial para servir e proteger nossa gente”, reforça Moraes.
17/04/2015

Moraes parabeniza Denarc de Londrina por apreensão de 123 quilos de drogas

Leia mais

A Polícia Civil do Núcleo de Londrina da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc), sob o comando do delegado-titular, Lanevilton Theodoro Moreira, em conjunto com a Polícia Federal (PF), das cidades de Londrina e Presidente Prudente/SP, apreenderam, aproximadamente 123 quilos de cocaína que estavam sendo transportados do Estado do Mato Grosso do Sul. A operação aconteceu durante a madrugada desta sexta-feira (10), na Rodovia SP-270, quilômetro 617, próximo ao município de Presidente Wenceslau/SP. A droga seria distribuída nas regiões norte e nordeste do Paraná, além do interior de São Paulo. Esta é a maior apreensão de cocaína já realizada pela Denarc desde de sua criação. Estima-se, que o valor aproximado da droga apreendida gira em torno de R$ 2,5 milhões.

“ O sucesso da operação prova que a polícia paranaense está trabalhando duramente para varrer a criminalidade do nosso estado. Maioria dos crimes ocorridos no Paraná tem origem nas drogas”, comenta o presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, deputado Mauro Moraes.

Durante a operação, os policiais localizaram um caminhão com as drogas escondido em meio a uma carga de soja. Um homem de 36 anos, motorista do veículo, foi preso em flagrante pelo crime de tráfico de drogas.

Segundo as investigações coordenadas pela Denarc de Londrina, houve a identificação de um grupo que utilizaria o Estado do Paraná, como rota para a distribuição de grandes volumes de cocaína para todo o Brasil.

Para o delegado Lanevilton Theodoro Moreira, certamente trata-se de uma das maiores apreensões de cocaína já realizadas pela Polícia Civil do Estado do Paraná em toda sua história. “Devido a intensificação das operações policiais de combate ao tráfico de drogas no Paraná, os traficantes optaram por realizar este transporte exclusivamente por rodovias paulistas, sendo certo que parte do material narcótico transportado se destinaria à entrega para uma posterior comercialização em nosso Estado”, afirma Moreira.
O delegado relata ainda, que o trabalho alcançado hoje é o resultado dos trabalhos integrados desenvolvidos em parceria com a Polícia Federal de Londrina e de Presidente Prudente. Espera-se que as operações sejam intensificadas após a implementação do Centro Integrado de Operações de Inteligência, na cidade de Foz de Iguaçu, que contará com a participação de policiais civis e federais de diversas unidades da federação. O projeto que foi idealizado pela Secretaria de Estado da Segurança Pública e Administração Penitenciaria do Paraná, já se encontra em adiantado estágio de desenvolvimento.
15/04/2015

Graças ao trabalho da polícia, Curitiba reduz número de homicídios

Leia mais

Curitiba registrou, nos primeiros três meses deste ano, 131 homicídios dolosos (com intenção de matar). Este é o menor índice desde 2007, quando as estatísticas da Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária começaram a ser divulgadas. O número de homicídios dolosos é considerado em todo o mundo o principal indicador para medir eficiência e eficácia nas ações de segurança pública.

Na comparação com 2014, a redução de homicídios em Curitiba foi de 17%. No ano passado, houve 157 assassinatos na Capital, de janeiro a março. A análise criminal mostra ainda que, na comparação com 2010, a queda no primeiro trimestre foi maior, passando de 45%. Em 2010, foram registrados 240 assassinatos na capital.

ÍNDICE – A comparação histórica aponta que, em 2007, Curitiba teve 144 homicídios dolosos. Em 2008 foram 158; em 2009, 156; em 2010, 240; em 2011, 189; em 2012, 176; e em 2013, 145 (veja quadro).

Estes e outros dados de criminalidade de anos anteriores podem ser vistos no site da Segurança Pública, em Gestão da Segurança, no menu ao lado esquerdo da tela e, na sequência, em Estatísticas.

O dado atualizado de homicídios em Curitiba, referente ao primeiro trimestre de 2015, é uma prévia do Relatório Estatístico Criminal, produzido pela Coordenadoria de Análise e Planejamento Estratégico (Cape) da Secretaria da Segurança Pública. A íntegra do documento, com as informações de cada um dos 399 municípios paranaenses, deve ser divulgada até o início de maio, no site oficial da secretaria (www.seguranca.pr.gov.br).

Fonte Aenotícias
14/04/2015

Segurança Pública anuncia novo delegado para a Subdivisão de Londrina

Leia mais

O delegado Sebastião Ramos dos Santos Neto foi designado para assumir a 10ª Subdivisão Policial (SDP), em Londrina, na região norte do Estado. Santos Neto substitui o delegado Márcio Amaro, que se aposentou.

Ele foi uma indicação do secretário da Segurança Pública e Administração Penitenciária, Fernando Francischini.

O novo delegado subdivisional de Londrina estava ocupando a Corregedoria de Assuntos Internos da Polícia Civil. Faz parte da corporação desde 1981, quando ingressou como agente de polícia. No ano de 1994, assumiu a função de delegado de polícia, tendo respondido pelas delegacias de Laranjeiras do Sul; Alto Maracanã/Colombo; Delegacia de Furtos e Roubos; Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos e Delegacia do Adolescente. Também já atuou no Grupo de Planejamento da Polícia Civil, foi delegado-adjunto da Divisão Policial da Capital (DPCap) e corregedor na região de Cascavel.
13/04/2015

Moraes defende valorização das classes policiais

Leia mais

Para combater o avanço da criminalidade no Paraná, o governo do Estado vem adotando uma série de medidas pontuais, dentre as quais a presença mais permanente da polícia nas ruas. Para o presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, deputado Mauro Moraes, qualquer ação para reduzir os números da violência envolve melhorias na carreira das classes policiais.

“É notável o esforço do governo do Estado em reduzir a triste estatística da violência em nosso Estado. Nossas forças de segurança estão trabalhando pesado e merecem maior atenção no que diz respeito a seus pleitos, dentre os quais o direito ao recebimento de promoções e oportunidade de avanço na carreira”, afirma Moraes.

O parlamentar destaca que desde o início do ano foram realizadas sete grandes operações que resultaram em prisões de marginais e apreensão de quase 10 toneladas de drogas. “A atuação da polícia merece mais do que elogios. São profissionais que colocam suas vidas em riscos para reduzir os indicadores de violência no Paraná”, reforça. Em abril, uma força tarefa foi responsável pelo desmantelamento de uma organização criminosa responsável por inúmeras explosões de caixas eletrônicos.
13/04/2015

Moraes reforça importância de medidas de segurança para o comércio

Leia mais

A proposta apresentada pela SESP para coibir assaltos ao comércio da capital, a qual consiste em uma parceria com proprietários de estabelecimentos comerciais para que a polícia tenha acesso às imagens das câmeras de circuito interno, foi fortemente elogiada pelo presidente da comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, deputado Mauro Moraes. O parlamentar também defende a ampliação das rondas policiais em ruas em que há maior fluxo de dinheiro.

A Associação Comercial do Paraná também encampou a proposta apresentada pela SESP. Faz parte ainda das políticas de segurança para o comércio a instalação de dispositivos de alarme silencioso.

“Todo esforço será utilizado no sentido de coibir ação de marginais contra comerciantes e consumidores. É possível mapear as regiões que mais sofrem com assaltos e investir pesado em rondas policiais. E com o monitoramento feito a partir das câmeras internas, a reação da polícia será mais efetiva”, explica.
10/04/2015

Projeto de autoria de Moraes acaba com pensão vitalícia de ex-governadores

Leia mais

Uma proposta de Emenda Constitucional (PEC) de autoria do deputado Mauro Moraes poderá por fim a um benefício concedido a ex-governadores do Estado do Paraná. A famosa aposentadoria vitalícia, que hoje é paga a nove ex-chefes do Executivo, é questionada pela Ordem dos Advogados e, em breve, será tema de discussão na Assembleia Legislativa.

A PEC, que já chegou a ser votada e rejeitada em legislatura anterior na Casa, será reapresentada por Moraes, que também foi autor nas duas propostas que já tramitaram no Legislativo Estadual.

Recentemente, o Supremo Tribunal Federal derrubou o benefício pago a ex-governador do Pará. No Paraná, a aposentadoria vitalícia também é questionada pela Ordem dos Advogados do Brasil. Para o autor da PEC, a medida mais eficiente para por fim ao pagamento de R$33,7 mil mensais “é retirá-lo da C.E mediante proposta apresentada e aprovada pela Assembleia Legislativa”.

O parlamentar também argumenta que toda e qualquer medida voltada ao fim da aposentadoria vitalícia de ex-governadores é fundamental para “varrer da Constituição esta aberração”. Contudo, destaca que derrubar a Lei através do Poder Legislativo é essencial para que a Casa se posicione.
09/04/2015

Aspirantes aguardam regularização salarial

Leia mais

A regularização salarial dos Aspirantes formados em janeiro deste ano será tema de uma reunião entre o presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, deputado Mauro Moraes, e o alto escalão do governo do Estado. O encontro está previsto para o início da próxima semana.

“São aproximadamente 100 Aspirantes que foram designados para atividades no interior e que ainda recebem como cadetes, ou melhor, como alunos do segundo ano de formação, sem qualquer outro auxílio financeiro ou de moradia”, comenta o parlamentar.

O parlamentar fará um apelo ao secretário de Estado da Segurança Pública (SESP), Fernando Francischini, e ao chefe de Gabinete do governo, secretário Deonilson Roldo, para que o protocolo que regulariza o salário dos Aspirantes seja imediatamente assinado pelo governador Beto Richa.
09/04/2015

Moraes defende ampliação de Grupo Especializado para atuar em penitenciárias

Leia mais

O trabalho que vem sendo realizado por agentes formados no Curso de Operações Especiais Penitenciários (COEPEN) tem colaborado substancialmente com a segurança nas unidades prisionais no Paraná. Para ampliar as ações já desenvolvidas pelo Departamento de Execução Penal neste sentido, o presidente da Comissão de Segurança da Assembleia Legislativa, deputado Mauro Moraes, defende a criação de um Grupo Especializado para atuar em Londrina.

O grupo recebe instruções para atuar em situações extremas, como rebeliões, motins e ações de violência no sistema penitenciário paranaense. Ao formar uma nova turma na segunda maior cidade do Estado, o trabalho especializado poderá ser realizado de maneira ainda mais eficiente.

Moraes levará ao secretário de Estado da Segurança Pública, Fernando Francischini, a proposta de ampliação do Grupo. A reunião ocorrerá logo após o retorno do chefe da Pasta ao seu gabinete, no início da próxima semana.

Além da contribuição ao trabalho que já é bem sucedido, o deputado argumenta que o chamamento de novos agentes em Londrina dará maior fôlego aos policiais militares que frequentemente são chamados a atuar em situações que poderiam ser atendidas pelo Grupo Especializado do Depen. “Maioria dos estados brasileiros já se movimenta para a criação de uma polícia penitenciária. É indiscutível a necessidade de se pensar em um trabalho especializado nas penitenciárias sem sobrecarregar a PM”, explica Moraes.
06/04/2015

Moraes apresenta emenda para garantir VR para classes policiais

Leia mais

O presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, deputado Mauro Moraes, apresentou emenda ao orçamento do Estado no valor de R$ 20 milhões para garantir a aquisição de tickets refeição para as classes policiais. “Este valor não é o suficiente para atender todas as demandas das forças de segurança, mas fica como sugestão para que o governo aplique em refeições para nossos policiais”, comenta.

Desde que assumiu a presidência da Comissão de Segurança Pública, ainda no mandato anterior, Moraes tem defendido a adoção de medidas em defesa das tropas policiais que atuam em longas jornadas de trabalho. “A aquisição de VR também evitará as famosas cortesias oferecidas por comerciantes aos policiais em troca de atenção exclusiva a um estabelecimento. Com o cartão de refeição, o policial poderá escolher o local em que deseja fazer sua refeição”, explica.

A proposta já foi entregue ao projeto de orçamento e poderá ou não ser adotado pelo governo do Estado como sugestão de aplicação de recursos.

Mais notícias ...


Like4Like.org - How it works FREE Social Promotion Get fast Facebook likes and followers
0.23