Menu


Redes Sociais


Vagas de Emprego

Beto Moraes

Videos

Acompanhe os videos do Programa Mauro Moraes Tô de Olho do canal CNT no canal do youtube


/depmauromoraes

Segurança



Últimos Projetos

Twitter

04/08/2015

Moraes cobra nomeação de agentes penitenciários

Leia mais

Candidatos aptos a assumir o cargo de agente penitenciário – e que já passaram por curso de formação – aguardam uma posição do governo sobre datas para a nomeação. Para o presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, deputado Mauro Moraes, além das contratações pendentes dentro do concurso ainda em vigência, o quadro de profissionais desta categoria precisa de reforço urgente.

Além da contratação dos agentes que já concluíram o curso de formação, Moraes defende a ampliação do quadro profissional. Para tanto, o governo precisa encaminhar ao Poder Legislativo uma mensagem contendo alterações no número de vagas existentes para esta função.

“É um tema emergencial. Muitas delegacias estão abarrotadas de presos, uma vez que falta pessoal para atuar no sistema penal”, cobra Moraes.
04/08/2015

Moraes discute meta de redução de crimes contra o patrimônio

Leia mais

Em audiência com o delegado-chefe da Delegacia de Furtos e Roubos de Curitiba, Doutor Rafael Vianna, nesta segunda-feira, o presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, deputado Mauro Moraes, colocou em discussão a adoção de medidas para a redução de crimes contra o patrimônio. “Os índices desta modalidade de crime, em comparação ao ano passado, foram reduzidos. No entanto, ainda temos que atuar de maneira ainda mais efetiva para que a população fique de fato segura”, destacou o parlamentar durante a reunião.

O parlamentar ressaltou que muitos crimes cometidos na capital e que resultam em mortes envolvem o patrimônio particular. Caso recente mencionado pelo deputado envolve a morte de uma Guarda Municipal de Curitiba, municipal Roni Fernandes de Freitas, baleado por um bandido em fuga após assalto á loja de doces, no centro da cidade. A Delegacia de Furtos e Roubos de Curitiba, após intensa operação, localizou o assassino Evandro de Oliveira Marcolino, conhecido como “Peixinho”.

“A Delegacia de Furtos e Roubos atuou de maneira exemplar nesta investigação que durou 20 dias. Mais de 100 pessoas foram ouvidas até a prisão do suspeito, nesta segunda-feira”, comentou.
03/08/2015

Para Moraes, Estatuto da Polícia Civil é tema emergencial para o segundo semestre

Leia mais

Com a retomada das atividades no Plenário da Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (3), o presidente da Comissão de Segurança Pública da Casa, deputado Mauro Moraes, fará um novo apelo ao governo do Estado para que a mensagem do novo Estatuto da Polícia Civil seja encaminhada para apreciação dos deputados neste segundo semestre.

“O Estatuto da Polícia Civil é um tema que está em processo de elaboração por um longo tempo. Não há motivos para postergar seu envio ao Legislativo, uma vez que seu conteúdo não acrescenta despesas ao orçamento do Estado. Ele trata de mudanças no plano administrativo, diretrizes necessárias e urgentes para fortalecer a instituição”, ressalta Moraes.

Para o parlamentar, não restam dúvidas de que “a reformulação do Estatuto vai oxigenar a polícia civil”. Atualmente, a mensagem contendo essas novas diretrizes está na Secretaria de Estado da Segurança Pública.
03/08/2015

Policiais formados em janeiro ainda recebem como alunos

Leia mais

Desde janeiro deste ano que cerca de 100 policiais formados ainda recebem como soldados de 2º classe, situação que preocupa o presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, deputado Mauro Moraes. “São soldados que possuem responsabilidades maiores que a de um aluno, mas que ainda recebem salário em desacordo com a função”, lamenta o parlamentar.

O tema já foi tratado com a cúpula do governo, em especial com a Secretaria de Segurança Pública e chefia de gabinete do governo do Estado. Entretanto, até o momento, apenas a situação dos Aspirantes foi resolvida. “Os Aspirantes também ficaram um longo período recebendo como Cadetes. Este caso foi resolvido, mas ainda temos policiais de 1ª Classe recebendo como ainda fossem alunos do Curso de Formação de Soldados”, alerta.

Na avaliação do parlamentar, a situação fica ainda mais complicada no caso dos policiais que foram enviados para localidades distantes de suas cidades de origem. “Somado ao salário defasado, existe o aluguel e as despesas diárias, as quais aumentam quando há mudança de uma cidade para outra”, destaca.
03/08/2015

Comando do 16º BPM de Guarapuava quer punir PM que atrasar IPVA

Leia mais

Uma ordem oriunda do comando do 16º BPM de Guarapuava vem gerando polêmica entre policiais, repercutindo até mesmo na Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, presidida pelo deputado Mauro Moraes. Um documento emitido pelo Batalhão prevê punição para o PM que não pagar em dia o IPVA.

“É uma ordem abusiva. É evidente que todo policial, assim como qualquer outro cidadão civil, tem suas obrigações e deve pagar impostos devidos. No entanto, a punição em caso de atraso deve seguir a regra geral, ou seja, o pagamento de multa”, comenta Moraes.

O parlamentar ressalta ainda que o pagamento do IPVA em dia é uma questão pessoal do policial. “Se ele não pagar em dia, terá que pagar multa, assim como qualquer outro cidadão proprietário de veículo”.

Moraes também destaca que, assim como qualquer outro paranaense, os policiais foram pegos de surpresa com reajuste de impostos acima da recomposição salarial. “Também houve aumento no valor venal dos automóveis”, lembra.
31/07/2015

Região de fronteira tem ações mais efetivas da polícia e homicídios caem 20%

Leia mais

A região de fronteira teve queda de 20,6% no índice de homicídios dolosos (com intenção de matar), no primeiro semestre do ano. Análise da Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária também mostra que as ações policiais foram mais efetivas de janeiro a junho deste ano, na comparação com o mesmo período do ano anterior: foram mais armas apreendidas e mais mandados de prisão cumpridos, além de um acréscimo nas autuações de tráfico de drogas e de contrabando.

Os resultados foram debatidos pelas forças de segurança durante reunião do Gabinete de Gestão Integrada de Fronteira (GGIFron), na tarde desta quinta-feira (30), na cidade de Pato Branco, sudoeste do Estado.

Nos 139 municípios que compõem a faixa fronteiriça do Paraná ocorreram 223 assassinatos no primeiro semestre. Em 2014 haviam sido registrados 281. A retirada de armas de fogo das ruas, na região, cresceu 9%, passando de 968 para 1.054. Na mesma tendência de crescimento aparecem os mandados de prisão: foram cumpridos 2.092 de janeiro a junho, o correspondente a 30% a mais que no ano passado, quando o total foi de 1.606.

Paralelamente a essas ações, as autuações de contrabando aumentaram 11,4% (de 436 para 486) e aquelas referentes ao tráfico subiram 10% (de 1.157 para 1.275). Os dados foram apresentados pela Coordenadoria de Análise e Planejamento Estratégico (Cape), órgão da Secretaria da Segurança Pública responsável pela análise criminal de todo o Estado.
29/07/2015

Moraes elogia trabalho da PM na redução de homicídios na região de Londrina

Leia mais

De acordo com estatísticas, em comparação aos números apresentados no ano passado, o índice de casos ligados a esta modalidade de crime foi reduzido em 22%, fruto do trabalho desempenhado pelas forças policiais que atuam no Norte paranaense.

“Embora com efetivo reduzido e aparato técnico defasado, as forças policiais responsáveis pela segurança na região de Londrina atuam de maneira exemplar. É um trabalho desempenhado em 90 municípios atendidos pelo 2º Comando Regional de Londrina, que nos enche de orgulho”, comentou o presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, deputado Mauro Moraes.

Os números foram apresentados nesta terça-feira durante a cerimônia de troca do comando do 2º CRPM. O coronel Fábio Luiz Rincoski entregou o cargo ao tenente-coronel Marcos Antônio Wosny Borba, que estava na Diretoria de Desenvolvimento Tecnológico e Qualidade (DDTQ).
28/07/2015

Projeto prevê disciplina de primeiros socorros no currículo da PM em todo país

Leia mais

A Câmara dos Deputados analisa proposta que pretende incluir a disciplina de primeiros socorros na grade curricular dos cursos de formação de soldados das polícias militares. A medida consta do Projeto de Lei 8248/14.

Segundo o texto, a disciplina será ministrada de forma que habilite os militares ao atendimento preliminar de acidentados que aguardam o socorro médico de urgência.

A proposta tramita em caráter conclusivo nas comissões de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado e de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara Federal.
27/07/2015

Segurança Pública deflagra Operação Partenon

Leia mais

A Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná deflagrou, na manhã desta segunda-feira (27), a Operação Partenon, que visa a prisão de duas quadrilhas especializadas em explosão de caixas eletrônicos. Até o momento, 21 pessoas foram presas e outras três morreram durante confronto com a polícia. Também foi apreendido um fuzil, uma pistola 9mm, uma pistola calibre 45, munições, colete balístico, máscara de gás e R$ 3 mil.

A ação ocorreu simultaneamente nos municípios de Campo Mourão, Barbosa Ferraz, Cianorte, Umuarama, Engenheiro Beltrão, Jussara, Cidade Gaúcha, Araruna e Maringá. Mais de 170 policiais civis e militares estão nas ruas cumprindo 24 mandados de prisão e outros 35 de busca e apreensão que foram expedidos pela Justiça de Paraíso do Norte.

A investigação começou em março deste ano. As duas quadrilhas teriam explodido 16 caixas eletrônicos no Paraná. Também seriam responsáveis por assaltos em Terra Boa, Cianorte e Urupês – São Paulo. As explosões ocorreram nos municípios de São Carlos do Ivaí, Tamboara, Mirador, Paraíso do Norte, Iretama, Quinta do Sol, Douradina, Jussara, Corumbataí do Sul e Araruna.

Segundo a polícia, antes desta operação, outros treze integrantes da quadrilha já tinham sido presos, dentre eles o suspeito de comandar o grupo, detido por roubar um carro em Curitiba em março deste ano.

A operação conta com equipes do Tático Integrado de Grupos de Repressão Especial (Tigre), Batalhão de Operações Especiais (Bope), Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (Rocam), Departamento de Inteligência do Estado do Paraná (Diep) e Força Especial de Repressão Antitóxico (Fera).
22/07/2015

Moraes elogia atuação da Polícia Civil na Operação Quadro Negro

Leia mais

Presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, o deputado Mauro Moraes parabeniza a todos os policiais civis que atuaram na Operação Quadro Negro, que resultou na prisão de pessoas envolvidas em supostos desvios de recursos públicos por meio de contratos com empresas para obras em escolas da rede pública. “A polícia desempenhou papel importante no combate a um crime que prejudica diretamente a todos os paranaenses”, comenta.

Nove mandados de busca e apreensão também foram cumpridos em Curitiba, nos bairros do Cabral, Ecoville, Água Verde, Vila Izabel, Cidade Industrial de Curitiba e Centro.

O delegado Renato Figueiroa, que coordena o Nurce, explicou que a investigação foi motivada por documentos encaminhados, à Polícia Civil, pela Secretaria Estadual da Educação, por intermédio da Procuradoria Geral do Estado, apontando irregularidades na construção de escolas estaduais.

A operação teve o apoio do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) e contou com a participação aproximadamente de 50 policiais.

Ainda nesta primeira fase da operação, a polícia continuará analisando todas as informações e documentos entregues pela Secretaria da Educação. De acordo com a polícia, foram verificadas discrepâncias entre o porcentual da obra concluído e os pagamentos feitos à empresa responsável pelas obras.

Mais notícias ...


Like4Like.org - How it works FREE Social Promotion Get fast Facebook likes and followers
1.03